in

Universidade MSD Saúde Animal reformula plataforma para uma nova jornada de conhecimento

Iniciativa disponibiliza conteúdos relacionados às Hard Skills e Soft Skills essenciais para o desenvolvimento dos veterinários

Cláudia Guimarães, em casa

[email protected]

Investir em capacitação é uma forma de obter novas possibilidades, ideias, estratégias e tendências. A ação é importante para se destacar no mercado, principalmente em um período de crise, como o que estamos vivendo. As empresas estão em constante mudança e requerem atualização para que os colaboradores possam acompanhar essas transformações. E, mais do que isso, acompanhar, também, esse setor de animais que está em amplo crescimento e ganhando cada vez mais espaço mesmo com o cenário do novo coronavírus.

Esse setor foi um dos menos impactados durante o período da Covid-19. Segundo o Instituto Pet Brasileiro (IPB), a previsão é que o mercado pet cresça 13% em 2021, puxado por Pet Food e produtos veterinários. Os resultados mantêm o Brasil no 3º lugar do ranking mundial de faturamento, à frente de Reino Unido e atrás de EUA e China.

Além disso, os serviços digitais são tendências que vieram para ficar. Por isso, com as aulas pausadas por conta do isolamento social, é essencial que os veterinários não deixem de buscar por conhecimento, o que pode ser investido na modalidade on-line.

A MSD Saúde Animal, por exemplo, criou, em 2010, a Universidade MSD Saúde Animal. Ao longo dos últimos 11 anos a plataforma evoluiu e ganhou mais usuários. Por isso, em 2020, a empresa a reformulou para trazer conteúdos específicos e personalizados para uma nova jornada de conhecimento. A novidade contempla as necessidades individuais de cada um de seus colaboradores, proporcionando autonomia e desenvolvimento no dia a dia. Esses itens são como pilares essenciais para os profissionais que estão em home office por conta do isolamento social. A iniciativa vai ao encontro com os pilares da organização de ser em prol da educação continuada e democratizar o conhecimento.  

Conteúdos são customizados sempre pensando no perfil do profissional que acessará a Universidade (Foto: reprodução)

Aprendizagem para todos.

Visando democratizar conhecimento e contribuir para a rápida evolução do mercado de trabalho, que cada vez mais exige novas competências alinhadas a novos formatos de se trabalhar, a companhia também vem ao longo dos últimos anos disponibilizando conteúdos para profissionais externos, contribuindo, assim, para a formação do mercado.

Do mesmo modo, tendo isso em mente, a plataforma da empresa disponibiliza conteúdos relacionados às Hard Skills (habilidades técnicas) até as Soft Skills (habilidades comportamentais). Esses materiais são essenciais para o desenvolvimento dos médicos-veterinários.

Dentre os temas técnicos, destacam-se os relacionados a Diabetes Pet, Otologia, Infectologia, Leishmaniose, dermatopatias parasitárias e doenças transmitidas por vetores. Nos temas de habilidades comportamentais, temas como Propósito e Autenticidade, Liderança, Diversidade e Inclusão e Lifelong Learning dentre outros.

Assim, conversamos com o responsável pela Gestão Acadêmica e Desenvolvimento na MSD Saúde Animal, Guilherme Gomes. Ele nos conta que a Universidade MSD Saúde Animal, surgiu com o propósito de inovar, levar conhecimento de qualidade para os profissionais e prepara-los para o setor.

“Ela nasceu como uma iniciativa da Unidade de Negócios de Ruminantes dentro da MSD Saúde Animal com o objetivo de proporcionar o desenvolvimento contínuo dos colaboradores da empresa. A ideia deu tão certo que expandimos a iniciativa para todas as unidades de negócios, como pet, sites fabris e parceiros. Dessa forma, a companhia atingiu o objetivo de democratizar o conhecimento e contribuir para a rápida evolução do mercado de trabalho. Esse setor se mostra cada vez mais competitivo e dinâmico, exigindo conhecimento de habilidades técnicas (hard skills) e, também, de habilidades comportamentais (soft skills)”, aponta.

Plataforma de EAD foi modificada para se tornar cada vez mais ‘amigável’ e obter mais usuários (Foto: reprodução)

Iniciativa.

Segundo Gomes, ao longo dos últimos 11 anos, a Universidade MSD Saúde animal vem evoluindo e buscando inovar na forma de levar conhecimento. “O ano de 2020 foi uma prova de que estamos preparados para responder aos desafios de forma rápida. Nos adaptamos no jeito de realizar os treinamentos síncronos e evoluímos nossa plataforma de EAD. O objetivo é se tornar cada vez mais ‘amigável’ e conquistarmos cada vez mais usuários” revela.

O executivo também compartilha que a empresa tem um plano de melhoria contínua para agregar cada vez mais valor aos colaboradores e parceiros, com olhos no futuro, a fim de entender e antecipar as evoluções e tendências necessárias no mercado.

“Estamos ampliando nossos horizontes, com um pipeline de serviços amplo que se inicia junto a Universidades, com programas de estágio e jovens aprendizes, que passa por um programa de residência para trabalharmos os recém-formados e também por trabalhos de desenvolvimento para os profissionais já estabelecidos no mercado e chega no MBA. Já estamos na 3ª turma de MBA com foco em Liderança e Desenvolvimento do Potencial Humano”, comemora.

Gomes frisa que, na MSD Saúde Animal, um dos principais pilares é o cuidado com as pessoas e a Universidade MSD Saúde Animal tem um papel estratégico neste contexto.

“É por meio dela que capacitamos de forma contínua nossos colaboradores. O objetivo é que se tornem referência em suas áreas de atuação, agregando conhecimentos alinhados com nossa cultura e, também, no desenvolvimento de carreira. Para o público externo, que busca crescimento pessoal e profissional, buscamos disponibilizar conteúdos de alta qualidade que auxiliam na sua formação”, encerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Clínica: A icterícia é um sinal para diferentes doenças nos animais de companhia

Belo Horizonte: Hospital Veterinário da Faculdade Arnaldo passa a atender 24h por dia