Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Marketing e Produtos

Veterinária da PremieRpet destaca cuidados com o pet nas festas de fim de ano

Celebrações podem reunir perigos para a saúde de cães e gatos
Por Equipe Cães&Gatos
foto-cão
Por Equipe Cães&Gatos

Com a chegada das comemorações de Natal e Ano Novo é preciso redobrar a atenção com os pets. Decorações, ceias e até os fogos de artifício podem ser uma ameaça à saúde dos cães e gatos! Por isso, é essencial cuidar da alimentação, da segurança e do bem-estar dos animais com atenção extra nesta época.

“O pet é membro da família e é desejável que ele seja incluído nas festas. Porém, é necessário que isso seja feito com brincadeiras e petiscos específicos para eles”, afirma a médica-veterinária e supervisora de Capacitação Técnico-Científica e Técnico-Comercial da PremieRpet, Marina Macruz.

Alimentação: Nem todos os alimentos consumidos podem ser compartilhados com os amigos de quatro patas. Por isso, é muito importante resistir aos olhares pidões, aos apelos insistentes e não partilhar as refeições e aperitivos com os pets.

“Alimentos que fazem a alegria dos humanos podem esconder diversos perigos para os animais. Uva- passa, chocolate, macadâmia, alho e cebola são apenas alguns exemplos de ingredientes muito usados nos pratos típicos desta época do ano e que podem intoxicar cães e gatos. Sem falar nos exageros calóricos que comprometem o equilíbrio nutricional e causam mal-estar ao animal”, destaca Marina.

Por isso, a PremieRpet apresenta PremieR Cookie Natal Cães, para que os pets possam participar das confraternizações sem passar vontade e sem abrir mão da saudabilidade, do sabor e dos ingredientes naturais.

Áudios disponibilizados pela PremieRpet se sobrepõem aos barulhos que causam ansiedade aos pets, minimizando a sensação de medo e desconforto pelos fogos de artifício (Foto: reprodução)

A médica-veterinária lembra ainda que o tutor não deve deixar copos de bebida alcoólica pela casa. Além de afetar o estômago, a bebida pode causar sérias complicações, como a intoxicação alcoólica.

Fogos de artifício: Principalmente no Réveillon, uma das grandes preocupações dos tutores de cães e gatos é o barulho das queimas de fogos, rojões e outros efeitos sonoros que podem gerar alto nível de estresse, ansiedade e medo nos animais.

Com o objetivo de aliviar os efeitos nocivos dos ruídos aos pets, a PremieRpet oferece gratuitamente no YouTube três áudios que mascaram e reduzem ruídos de alta, moderada e baixa intensidade. Os áudios foram desenvolvidos utilizando a técnica do ruído branco (White Noise), unindo sons de diferentes frequências em uma só combinação. Os áudios se sobrepõem aos barulhos que causam ansiedade aos pets, minimizando a sensação de medo e desconforto.

Decoração: Os enfeites espalhados pela casa também podem causar problemas aos pets. Objetos em locais de fácil acesso, como adereços da árvore de Natal, podem causar acidentes ou ser ingeridos, causando engasgamento e asfixia.

Algumas plantas usadas na decoração também podem ser tóxicas para os animais. Um exemplo é a poinsétia (ou flor-do-natal), que tem uma substância que pode afetar o estômago ou esôfago do pet. “Sabemos o quanto os animais são curiosos, então para evitar problemas o ideal é manter as decorações com plantas fora do alcance”, aponta a especialista.

Seguindo essas dicas, o melhor amigo poderá aproveitar as festas de fim de ano junto com a família, com saúde e sem sustos!

Fonte: PremieRpet, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Como reconhecer medicamentos veterinários falsos?

Estudo com veterinários portugueses alerta para a saúde mental

Personalidades participam de leilão beneficente contra abandono de animais

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!