Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Marketing e Produtos

Câncer de pele em pets pode ser evitado, saiba como

Cinco dicas mantém a saúde do animal nos dias mais quentes do ano
Por Equipe Cães&Gatos
Dachshund Dog in beach
Por Equipe Cães&Gatos

O verão é uma temporada repleta de alegria para aproveitar atividades ao ar livre com nossos fiéis amigos de quatro patas. No entanto, é também a época mais comum em que os pets desenvolvem dermatites solares que podem evoluir para doenças mais sérias, incluindo até câncer. 

“Essas dermatites podem evoluir para carcinoma de células escamosas, um tipo de câncer de pele, presente em 15% dos tumores cutâneos em cachorros e até 50% em gatos. Logo, a prevenção das dermatites solares é um dos meios mais eficazes de evitar que seu pet, em algum momento da vida, desenvolva câncer de pele”, explica o médico-veterinário e coordenador Técnico da Soft Care, marca da Pet Society, Edren Silva.

Loções bloqueadoras solares, como o Hydra Reflex, previne o surgimento de doenças de pele (Foto: divulgação)

Abaixo, elencamos cinco dicas para você manter a saúde do seu pet em dia, mesmo nos dias mais quentes:

Hidratação Constante: Assegure-se de que seu pet tenha acesso constante a água fresca e limpa. Ao sair para passear, leve uma garrafa de água e uma tigela portátil para garantir a hidratação adequada.

Evite Exercícios em Horários de Pico: Proteja as patinhas sensíveis do seu pet, evitando passeios em superfícies quentes durante as horas mais quentes do dia. Opte por caminhadas matinais ou noturnas.

Proteja as Patinhas: Teste a temperatura do solo antes de passear. “O ideal é você ficar descalço no chão e sentir. Se o seu pé queimar, a pata do seu pet também pode queimar. Se for necessário realizar o passeio neste horário, proteja as patas utilizando loções a base de aloe vera e d-pantenol, como é o caso da Pet Glove”, explica Edren. 

Busque uma proteção efetiva contra os raios solares: A melhor maneira de não desenvolver doenças de pele é prevenindo com o uso de loção bloqueadora solar. O Hydra Reflex é um deles. “As lesões actínicas (lesões solares) podem, sim, levar ao desenvolvimento de câncer de pele em cães e gatos. Animais de pele clara ou com pelagem curta são mais suscetíveis, tornando crucial a aplicação de medidas preventivas. 

Para prevenir, limite a exposição ao sol, ofereça sombra e abrigo, use protetores solares seguros para pets, considere roupas protetoras e examine regularmente a pele em busca de alterações”, enfatiza Dr. Edren Silva.

Linha Soft Care previne diversos problemas de pele (Foto: divulgação)

Consulta Veterinária é essencial: É importante reforçar que cada animal é único e, mesmo seguindo todas as recomendações, podem desenvolver algum tipo de dermatite solar, portanto, a visita ao médico veterinário é indispensável. “O quanto antes as lesões forem tratadas, mais eficaz será o tratamento”, finaliza.

Fonte:  Assessoria de Imprensa, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Cuidados com as fêmeas: É possível um cio após castração?

Atenção: anemia em cães e gatos é sintoma, e não doença

Lei da microchipagem é regulamentada no Rio de Janeiro (RJ)

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!