Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Marketing e Produtos

Como funciona a licença luto pet?

Benefício ajuda colaborador no processo de recuperação pela perda de um animal
Por Equipe Cães&Gatos
foto-licença
Por Equipe Cães&Gatos

“Minha gata, a Peach, estava há algum tempo doente, com infecção nas vias aéreas superiores e suspeita de um tumor. Foram alguns meses de muitas idas ao veterinário, exames e cuidados diários com ela em casa. De certa forma, isso acabou até aumentando a minha conexão com a Peach, que já tinha uma certa idade. Seu caso só se agravou, ela sofreu demais, e entre muitas conversas com a profissional, optamos pela eutanásia. Foi uma das decisões mais difíceis da minha vida, que impactou bastante meu psicológico e da minha esposa”. Foi assim que o coordenador de Pesquisa Clínica da MSD Saúde Animal, Heitor de Oliveira Arriero Amaral, relatou sua experiência com a perda do seu pet.

A licença luto pet ainda não é lei dentro das empresas, mas a MSD disponibiliza a iniciativa desde o começo do ano
(Foto: reprodução)

A história emocionante mostra o quanto os animais são considerados membros da família e como eles impactam na vida pessoal e profissional. No entanto, entre os dias de aflições, Heitor teve uma boa notícia na empresa, o acesso à licença luto pet. “A possibilidade de tirar um dia para colocar a cabeça no lugar foi muito importante para nós, pois pudemos passar um tempo juntos e dar atenção aos nossos outros gatos. Foi muito válido porque, além de não ter cabeça para conseguir trabalhar no dia, pude focar no meu processo de luto e no da minha esposa, além de auxiliar na logística do dia, que foram as atividades ao adeus a Peach. Esse benefício mostra o quanto que a empresa se preocupa com as pessoas, me senti respeitado e respaldado num momento que foi muito difícil”, completa o colaborador.

A licença luto pet ainda não é lei dentro das empresas, mas a MSD, que possui atuação em saúde humana e animal, disponibiliza a iniciativa desde o começo do ano. O assunto, inclusive, tomou grandes proporções nos últimos meses, isso porque possui até um projeto tramitando dentro da Câmara.

A líder de Recursos Humanos da MSD Saúde Animal, Larissa Poltronieri, fala que esse é um benefício importante não só para o colaborador, mas também para toda a companhia, já que a saúde mental reflete diretamente no cuidado que temos com as pessoas e nas entregas de resultados. “É preciso, acima de tudo, que a companhia tenha empatia e cuide desse colaborador no momento de dor, para que o retorno às atividades possa acontecer de forma gradual e mais confortável para ele”, enfatiza.

Como funciona a licença luto pet?

Na MSD Saúde Animal, a licença luto pet funciona da seguinte maneira: os colaboradores que perderem um cachorrinho ou gatinho podem acionar diretamente o seu gestor e alinhar a sua ausência, sem necessidade de comprovação do falecimento do animal.

O benefício tramita na Câmara Federal com o Projeto de Lei nº 221/2023, que “altera o artigo 453 da Consolidação das Leis do Trabalho – CLT, para permitir a ausência ao serviço no caso de falecimento de cão ou gato de estimação”. Essa iniciativa começou a ganhar força nos últimos meses e ainda não é obrigatória, mas já é um benefício concedido pelas divisões de saúde humana e animal da farmacêutica MSD desde o começo deste ano.

Pacote de benefícios completos para colaboradores tutores de pet

Benefício é importante não só para o colaborador, mas para toda a companhia, já que a saúde mental reflete nas entregas de resultados (Foto: reprodução)

Com 149,6 milhões de animais de estimação, o Brasil é o terceiro país em número de animais domésticos, de acordo com o IPB (Instituto Pet Brasil). Considerando os 215 milhões de brasileiros, pelo menos 70% da população tem um pet em casa ou conhece alguém que tenha. A presença desses bichinhos na vida das pessoas impactou também o mundo corporativo, já que as empresas passaram cada vez mais a entender os cães e gatos como membros da família e, por isso, adotaram novos benefícios, a fim de se diferenciar no mercado, atraindo ou retendo talentos. Antes, era uma iniciativa aqui e outra lá, mas agora as organizações já pensam em um pacote completo. Inclusive, a MSD já realiza esse movimento já algum tempo e intensificou os benefícios conforme os pets foram ganhando mais espaço nos lares. Além da licença luto pet, a organização possui um pacote completo de benefícios para colaboradores tutores de animais de estimação. Conheça abaixo: 

  • Licença PETernidade: ao adotar um pet, o colaborador ganha uma licença de dois dias de trabalho para cuidar da adaptação do gato ou cachorro em casa;
  • Escritório PetEveryday: Os colaboradores que são tutores de pet podem levar seus cães todos os dias para o escritório;
  • Desconto em produtos e serviços da MSD Saúde Animal: já que a empresa possui um portfólio amplo de medicamentos para pet, é disponibilizado desconto em marcas como Bravecto, único antipulgas e carrapatos com proteção de até doze semanas, Scalibor, coleira antiparasitária, e produtos tecnológicos, como a linha Sure PetCare. Todos têm benefícios para a aquisição dessas soluções;
  • Parcerias de descontos PET: o colaborador tem acesso a valores mais acessíveis na compra de outros medicamentos e produtos para os animais, como descontos de 10% no e-commerce da rede de farmácias parceira e até 35% no convênio de saúde para o bichinho;
  • Kit boas-vindas: ao adotar ou adquirir um animal, o colaborador ganha um ano de Bravecto, um dos principais antipulgas e carrapatos do mercado e que tem eficácia de doze semanas, além de receber outros acessórios pet para o novo membro da família.

“Esses incentivos e auxílios não são novos na empresa, mas são aprimorados cada vez mais, pois entendemos que um pacote completo confirma o nosso processo de inovação e valoriza ainda mais o nosso colaborador, proporcionando engajamento e senso de pertencimento, além, claro, de multiplicar o nosso propósito, que é melhorar a vida das pessoas, a saúde e o bem-estar dos animais”, diz Larissa.

Já para a diretora de RH da MSD Brasil, Elisa Mendoza, esse pacote de benefícios é muito importante, pois é mais uma forma de proporcionar mais bem-estar para os nossos colaboradores. “Atualmente, os animais de estimação são vistos como membros da família, e como tal, merecem toda a nossa atenção e cuidado. Além disso, eles ajudam a reduzir o estresse, desenvolvem a empatia, aumentam o senso de responsabilidade e ajudam na prática de algum tipo de exercício físico”, finaliza.

Fonte: MSD Saúde Animal, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Assim como nós, pets também precisam escovar os dentes

Pets precisam de atenção redobrada durante as festas de fim de ano

CRMV-SP premia profissionais da Medicina Veterinária e da Zootecnia

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!