Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Inovação e Mercado

CRMV-SP premia profissionais da Medicina Veterinária e da Zootecnia

Homenageados atuam com Cirurgia e Anestesiologia, Animais Selvagens, Comportamento Animal e Zootecnia
Por Equipe Cães&Gatos
foto_premiados
Por Equipe Cães&Gatos
Premiação visa reconhecer aqueles que, com seus trabalhos, inspiram e prestam relevantes serviços ao País
(Foto: reprodução)

Em cerimônia realizada, em 30 de novembro, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP) homenageou os profissionais de destaque na Medicina Veterinária e Zootecnia em 2023. A premiação, que aconteceu na sede da autarquia, na capital paulista e foi transmitida ao vivo, visa reconhecer aqueles que, com seus trabalhos, inspiram e prestam relevantes serviços ao País em suas áreas de atuação.

Com a presença do presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), Francisco Cavalcanti de Almeida, de diretores, conselheiros e membros de comissões do CRMV-SP, foram entregues quatro premiações nas áreas de Comportamento Animal, de Medicina de Animais Selvagens, de Zootecnia e de Cirurgia e Anestesiologia.

Na abertura do evento, o presidente do CRMV-SP, Odemilson Donizete Mossero, falou da satisfação de entregar os prêmios aos profissionais de destaque da Medicina Veterinária e da Zootecnia no ano marcado pela reinauguração da sede do Conselho.

“É um orgulho para nossas profissões esse prêmio, que tem como criador nosso querido Prof. Silvio de Arruda Vasconcellos, e uma motivação para os que estão se formando, já que esses profissionais são exemplo de dedicação. É um prazer ter a presença do Dr. Francisco conosco, um batalhador que está encerrando sua segunda gestão no CFMV”, enfatizou Mossero.

Ainda na abertura, o presidente do CFMV tomou a palavra, emocionado, e falou da luta travada contra o ensino a distância na Medicina Veterinária e na Zootecnia e pela qualidade do ensino e parabenizou o CRMV-SP pela realização do evento, que valoriza os profissionais médicos-veterinários e zootecnistas.

“É uma satisfação estar na companhia de pessoas que fizeram e fazem a diferença em nossas profissões. O Conselho é uma universidade, temos que estar sempre preparados, somos exigidos tecnicamente, mas é uma dádiva. Foram três gestões no CRMV-SP e duas no Federal. O Conselho é de todos, mas precisamos de mais engajamento político, pois trabalhamos para a sociedade e precisamos valorizar nossos profissionais”, salientou Almeida.

Em seguida, o Prof. Silvio de Arruda Vasconcellos, conselheiro do CRMV-SP, apresentou palestra sobre a evolução do ensino das zoonoses. “É a terceira vez que entregamos os prêmios de Medicina Veterinária e de Zootecnia no mesmo evento. É uma oportunidade de comemorarmos juntos, somos parceiros. E devemos sempre trabalhar para sermos úteis à sociedade. Depois de tanto trabalho o ano inteiro, este é um momento de alegria e reconhecimento para médicos-veterinários e zootecnistas”.

Comportamento animal

Após a palestra, a cerimônia de entrega foi iniciada com o anúncio do Prêmio “Dra. Hannelore Fuchs”, categoria Comportamento Animal. O homenageado foi o zootecnista Mateus José Rodrigues Paranhos da Costa, professor-adjunto no Departamento de Zootecnia da Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV) da Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho (FCAV-Unesp), campus Jaboticabal.

De forma on-line, Paranhos da Costa falou da satisfação e honra de receber o prêmio que leva o nome de uma das profissionais com quem teve o prazer de conviver.

“Fui inspirado por um professor que me incentivou a estudar o comportamento animal. Passamos muitas horas no campo com os bovinos, e aprendemos a respeitá-los como seres sencientes. Agradeço a premiação e vou continuar trabalhando em prol dos animais”.

Medicina de Animais Selvagens

O Prêmio “Dr. Faiçal Simon” homenageou a médica-veterinária que atua com Medicina de Animais Selvagens, Fernanda Battistella Passos Nunes. Professora universitária do Grupo Unieduk e Unimax Indaiatuba, Fernanda é responsável técnica em empreendimentos de manejo de animais silvestres in situ e ex situ, com especialidade no manejo de capivaras em áreas de risco de transmissão de febre maculosa, além de integrante do Instituto Reprocon e da Comissão de Médicos-veterinários de Animais Selvagens do CRMV-SP.

“Gostaria de agradecer, fiquei muito emocionada, trabalho com capivaras e o controle da febre maculosa. É uma grande honra, sou da casa, vejo o Conselho como uma grande família. Desde criança ia toda semana ao Zoológico, depois na graduação escolhi Animais Selvagens, uma área difícil, mas tive a sorte de ter muitos mentores que me ensinaram e me fizeram chegar hoje aqui recebendo esse prêmio. Como professora, na sala de aula, me realizei, gosto de compartilhar tudo que sei, meus alunos vieram me prestigiar, assim como minha família, que é a base de tudo, sem ela dificilmente conseguiria. Meu pai dizia que não tinha dinheiro, mas deixaria o estudo como herança e isso é o que quero passar aos meus filhos. Também divido a premiação com todos com quem trabalho”, emocionou-se Fernanda.

Zootecnia

O Prêmio “Luiz Alberto Fries” destacou como profissional da Zootecnia, Ricardo Andrade Reis, pesquisador e professor titular do Departamento de Zootecnia da FCAV/Unesp, campus Jaboticabal, e atuante nos temas relacionados a pastagens e forragens, bem como produção animal.

“É muita emoção, uma surpresa ser contemplado pelo Conselho. Tenho uma história desde criança com carro de boi. Na Flórida (EUA), tive um professor alemão, que era um exemplo de bondade, abraçava os alunos. Como é importante dar exemplo e trabalhar em equipe. Hoje, temos a preocupação com as mudanças climáticas, precisamos mitigar os gases do efeito estufa, é preciso qualidade no manejo de animais para termos uma pecuária sustentável. Continuarei com meus alunos que se dedicam à pecuária. Somos um País agrícola, se há algo errado temos de consertar. Mas este é um momento de alegria e emoção para mim. Parabenizo a iniciativa do Conselho, que sempre deu suporte, sempre foi um norte para nós”, declara Ricardo Andrade Reis.

Cirurgia e Anestesiologia

O Prêmio “Dr. Ernesto Antonio Matera” laureou o médico-veterinário da área de Cirurgia e Anestesiologia, José Luiz Laus, professor titular aposentado do Departamento de Clínica e Cirurgia Veterinária da FCAV/Unesp, campus Jaboticabal, responsável pela criação do Serviço de Oftalmologia Veterinária da instituição.

“Muito obrigado por esta homenagem. Vou ler algumas palavras, que escrevi com a caneta tinteiro que ganhei de meu pai para que nunca mais esqueça desse momento. Agradeço ao Dr. Francisco, aos membros da diretoria, conselheiros e todos que participam da pujança do CRMV-SP. Espelhei-me em meus pais e nos professores que tive na vida, todos acrescentaram algo que trago comigo. O que eu teria feito de tão significativo para receber essa homenagem? Amar o próximo e os animais. Creio na amizade dos presentes e dos ausentes. Aprendi que não há sucesso profissional pleno sem o suporte familiar, agradeço minha mulher, amante como eu da causa animal. Não há nada maior do que a causa animal, atuando com ética no trato com os animais e tutores”.

Cerimônia foi realizada no dia 30 de novembro (Foto: divulgação)

Homenagem

No encerramento do evento, uma homenagem ao Prof. Silvio de Arruda Vasconcellos, conselheiro efetivo e presidente da Comissão Permanente Editorial do CRMV-SP. O conselheiro Carlos Eduardo Larsson, amigo de longa data do homenageado, fez um relato emocionado sobre a vida e a carreira de Vasconcellos. “É um momento rapadura: doce, mas duro. Palmas para Silvio, um profissional brilhante e um ser humano ímpar. O interesse pelo associativismo sempre esteve presente. O amor que tem pela profissão é de família e a habilidade com a viola é herança do pai. É o menestrel do Conselho”.

Vasconcellos recebeu uma placa por sua dedicada carreira e comprometimento com a Medicina Veterinária e reconhecimento pelos serviços prestados ao CRMV-SP, durante mais de 17 anos, e à sociedade. Para agradecer, o homenageado surpreendeu a todos cantando Ave Maria à capela. Em seguida, foi apresentado um vídeo mostrando a parceria entre Vasconcellos e o CRMV-SP, que já soma quase duas décadas, expressando a profunda gratidão pela dedicação incansável e por compartilhar seus dons com todos, não só sua bagagem profissional, como seu talento musical. Sensibilizado, Vasconcellos agradeceu a homenagem. “É só emoção no meu coração, obrigado a todos”.

Fonte: CRMV-SP, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Fundo de Conservação do SeaWorld ajuda os botos da Amazônia

Terapias veterinárias alternativas estão em crescimento nos últimos 20 anos

Inteligência artificial é concorrente desleal para os médicos-veterinários?

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!