Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Marketing e Produtos

Elanco soma mais de 100 mil horas de trabalho voluntário

Desde 2014, funcionários da companhia do mundo todo voluntariam-se em ações que causem impactos positivos nas comunidades onde a empresa está inserida
Por Equipe Cães&Gatos
dia do propósito
Por Equipe Cães&Gatos

Hoje, 28 de agosto, comemora-se o Dia Nacional do Voluntariado e a Elanco Brasil faz um balanço do Dia do Propósito – iniciativa que estimula os colaboradores da companhia no mundo todo a se unirem a causas locais e em ações sociais que impactem positivamente as comunidades onde a empresa está inserida.

Realizado desde 2014, o Dia do Propósito já somou mais de 100 mil horas de voluntariado, beneficiando 950 projetos relacionados a causas sociais. A ação faz parte da agenda ESG Elanco, globalmente, e segue as diretrizes de responsabilidade social da companhia, o Elanco Healthy Purpose, conjunto de compromissos da empresa alinhados às metas de desenvolvimento sustentável – ODSs – da Organização da Nações Unidas (ONU) e voltados a proporcionar qualidade de vida, bem-estar e saúde aos animais e às pessoas, bem como o cuidado com o planeta.

Apenas no ano passado, cerca de 1.700 colaboradores da Elanco participaram dos projetos de voluntariado, contribuindo com mais de 12.800 horas nos 90 países onde a companhia opera. O Dia do Propósito deixou de ser apenas um dia e passou a se estender a semanas, dependendo da causa. Por meio do portal Elanco Healthy Purpose, por exemplo, os colaboradores podem fazer doações a causas urgentes por todo o ano e, para muitas delas, a companhia dobra o valor da doação.

Colaboradoras Elanco em ação durante o Dia do Propósito (Foto: divulgação)

“Cuidar dos animais, das pessoas e do planeta está listado em nossos compromissos sustentáveis e é o que coordena todas as decisões que tomamos na Elanco, desde o nosso dia a dia de trabalho até as decisões mais estratégicas. Mas vamos além disso com o Dia do Propósito e com os mecanismos que criamos para que as pessoas possam se voluntariar e contribuir com outras causas que acreditam. A forte adesão dos colaboradores e a receptividade que recebemos das diversas comunidades por onde passamos nos mostram que estamos trilhando o caminho certo”, avalia a líder do Comitê de Responsabilidade Social Corporativa da empresa, Andrea Bastos Saraiva.

No ano passado, a companhia realizou, no Brasil, um mutirão cujo objetivo era arrecadar doações para ONGs de proteção animal e de assistência a idosos, crianças e adolescentes, além de bancos de alimentos. Os voluntários também fizeram uma ação presencial em um lar dedicado a idosos, crianças e adolescentes com atividades recreativas e educativas; outros doaram sangue e realizaram cadastro para doação de medula óssea e um outro grupo ajudou nas atividades de uma ONG voltada à conservação do meio ambiente e o bem-estar animal. Também foram feitas doações financeiras. “Costumamos dividir as ações de voluntariado em várias frentes para que as pessoas possam escolher as atividades com as quais têm mais afinidade e possibilitar a participação de funcionários Elanco de todo o Brasil. Além disso, durante a organização do Dia do Propósito, incentivamos que nossos colaboradores indiquem ações que gostariam de fazer ou ONGs que precisem de apoio”, explica a executiva. 

Colaboradoras Elanco em ação durante o Dia do Propósito

Segundo Andrea, os integrantes do Comitê de Responsabilidade Social Corporativa estão, neste momento, começando as preparações para a próxima edição, levantando as ações de interesse além de outras já definidas com ONGs parceiras da Elanco.

Apoio – Outra frente que a Elanco apoia no Brasil é o programa Crescer Aprendendo, formulado pela United Way Brasil – organização filantrópica fundada há mais de 130 anos nos EUA e presente no Brasil desde 2001 – o qual beneficia famílias em situação de vulnerabilidade na cidade de São Paulo. O programa tem como premissa ser fonte de conhecimento para pais, educadores e cuidadores, para que as crianças, em sua primeira infância (até os seis anos de idade), recebam estímulos e cuidados essenciais para que possam alcançar seu pleno desenvolvimento cognitivo, físico, social e emocional. Por meio de interações em plataformas digitais ou reuniões presenciais, as famílias recebem formação sobre temas essenciais ao desenvolvimento infantil.

De acordo com a CEO da UWB, Gabriella Bighetti, “o apoio de empresas é fundamental para a continuidade do projeto, pois viabiliza que cada vez mais crianças em situação de vulnerabilidade tenham a possibilidade de desenvolver todo o seu potencial. Com isso, contribuímos para que sejam adultos capacitados emocionalmente para construir uma sociedade mais saudável e justa”.

“O Crescer Aprendendo tem total sinergia com nossos pilares de sustentabilidade, por isso escolhemos apoiar a causa. Entendemos que a parentalidade positiva é um dos caminhos para lares mais saudáveis e felizes”, finaliza Rafael Ribeiro Novaes, líder do Grupo de Trabalho focado em Sustentabilidade da Elanco Brasil.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Como os animais associam músicas e gêneros musicais?

Como desbloquear o potencial do médico-veterinário?

Pneumonia é uma doença comum na clínica de animais de companhia

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!