in

Entenda a essencial função dos propagandistas de laboratório para a veterinária

Profissionais da área comemorarão o Dia do Propagandista de Laboratório na quarta-feira (14)

Como é popularmente difundido em território nacional, a propaganda é a alma do negócio. Na veterinária, ação é peça fundamental na comercialização de alimentos e medicamentos do setor e quem realiza esse importante trabalho é o propagandista de laboratório.

Em 14 de julho (quarta-feira), profissional comemora o Dia do Propagandista de Laboratório e a C&G VF preparou uma reportagem especial, na edição de julho. Material apresenta funções e o dia a dia, a partir de histórias de quem tem a propaganda de medicamentos para uso veterinário como rotina.

A médica-veterinária Cláudia Oliveira André do Prado se formou há 25 anos e, há 20, atua no ramo, inicialmente como propagandista e, atualmente, como coordenadora técnica de território (propaganda). “Eu sempre gostei de lidar com pessoas, tanto pela troca de experiências, quanto pelo prazer de levar conhecimento técnico que irá contribuir para o bem-estar animal. Para muitos médicos-veterinários, o propagandista é o único contato com novidades técnicas. Sendo assim, é muito gratificante apoiar o colega na atualização de seus protocolos, por exemplo.  Fora isso, essa profissão nos permite fazer amigos por toda parte e uma rotina em que todos os dias são diferentes, com desafios e locais diferentes”, comenta a profissional.

Há 16 anos na área, desde que se formou, a médica-veterinária Patrícia Lelis conta que se tornou propagandista quase que por acaso: “Foi uma oportunidade que aconteceu em 2006, em um processo seletivo para uma empresa farmacêutica. Comecei a entrar na realidade de propaganda médica e acabei me apaixonando”, diz.

Leia a reportagem completa na editoria Zoom, da edição de junho da C&G VF. Clique aqui.

Redação C&G VF.

LEIA TAMBÉM:

Cães e gatos contribuem positivamente para a saúde mental dos humanos

Fim da reprodução de braquicefálicos: será, de fato, possível esse marco na Veterinária?

Felinos: Associação americana atualiza diretrizes para cuidados com gatos geriátricos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

aplicativo RaivaMata

Professores da FMVZ-Unesp criam aplicativo com informações sobre a raiva em pets e humanos

Atenção: quando não tratada, alergia em felinos pode evoluir para bronquite