in

Escola de Veterinária da UFMG orienta sobre pessoas em situação de acumulação de animais

Mais de 200 participantes, entre estudantes e veterinários, participaram do encontro on-line

O curso “Atenção às pessoas em situação de acumulação de animais”, promovido pela Escola de Veterinária, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), em parceria com o com o Núcleo de estudos em estatística, epidemiologia e saúde pública (NEEST), juntamente com o Conselho Regional de Medicina Veterinária de Minas Gerais (CRMV-MG), foi realizado no último dia 30 de junho, de forma on-line e contou com a participação de mais de 200 pessoas.

O presidente do CRMV-MG, Dr. Bruno Divino, esteve presente no encontro e ressaltou a importância do tema e da responsabilidade que os médicos e médicas-veterinárias carregam, uma vez que tanto na iniciativa privada como em órgãos públicos esses profissionais trabalham para a melhoria da qualidade de vida dos animais e das pessoas que se encontram nesta situação de vulnerabilidade.

O curso foi mediado pela professora da UFMG, Danielle Ferreira de Magalhães Soares, que atua na área de Saúde Pública e Epidemiologia e que também faz parte da Comissão de Saúde Única do CRMV-MG. O encontro foi direcionado a gestores municipais, secretarias de saúde e de meio ambiente, assistentes sociais, equipes de saúde da família e profissionais dos NASF, Médicos-Veterinários, protetores de animais e para a sociedade de forma geral.

Clique aqui, e confira na íntegra, os principais assuntos abordados.

Fonte: CRMV-MG, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Pets exóticos exigem cuidados diferentes dos tutores comparados a cães e gatos

CRMV-SP recebe indicações para prêmios que homenageiam veterinários e zootecnistas

Pesquisa revela que Shih-tzu é a segunda raça de cães mais querida do Brasil

(Foto: reprodução)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dragão barbado

Pets exóticos exigem cuidados diferentes dos tutores comparados a cães e gatos

vacina raiva

Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro divulga informe sobre profilaxia da raiva humana