in

Estudo aponta que crianças dormem melhor quando deitam ao lado de seu pet

Animais podem ajudar a diminuir os medos das crianças na hora de dormir

Todos já sabemos da importância da relação humano-animal, inclusive com crianças. Mas um estudo revela, especificamente, que deixar as crianças dormirem junto com os animais de estimação – desde que com supervisão e mantendo a segurança – pode ser benéfico para a saúde e para o sono das crianças. A investigação é de um grupo de pesquisadores da Universidade Concórdia (Canadá) sobre o assunto. A equipe concluiu que adormecer ao lado de pets pode ser uma boa estratégia para ajudar as crianças a dormirem melhor.

Eles analisaram os hábitos de sono de 188 crianças e adolescentes, de 11 a 17 anos, e perceberam que cerca de metade deles compartilhava a cama com animais de estimação. O objetivo era entender como esse comportamento impactava na qualidade do sono. 

crianças e pets
Sucesso da prática depende tipo de apego ao animal, presença de ansiedade ou problemas de sono (Foto: reprodução)

Os pesquisadores observaram que deitar junto com cão, gato ou coelho ajuda as crianças na hora de dormir. Isso porque elas enxergam os animais de estimação como “amigos” e tê-los por perto durante a noite funciona como uma “segurança”, que ajuda a aliviar os medos noturnos.

Para chegar a essa conclusão, os participantes da pesquisa foram monitorados enquanto dormiam, com a ajuda de aparelhos que mediam ondas cerebrais, níveis de oxigênio no sangue, frequência cardíaca, fluxo de respiração e movimentação dos olhos e das pernas. Também usaram um rastreador de pulso, para registrar os ciclos de descanso, e um diário de sono por 15 dias. 

“É possível que a prática seja positiva ou negativa dependendo do tipo de apego ao animal, presença de ansiedade ou problemas de sono, consistência da rotina ou características do animal”, escreveram os autores. 

Fonte: Revista Crescer, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Residentes destacam os benefícios da acreditação do CFMV para o mercado de trabalho

Raiva ainda é uma zoonose que deve estar no radar de órgãos de governo

Profissional defende que Medicina Veterinária Integrativa é “tratar o todo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

luto pets

Entender o processo de luto dos animais demanda paciência e atendimento especializado

Petsa

PET South America divulga data para reencontro presencial com veterinários e lojistas