Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Pets e Curiosidades

Filhote “trabalha” em funerária confortando pessoas em luto

Nala é uma Golden Retriever que passa por processo especial de adestramento
Por Equipe Cães&Gatos
Por Equipe Cães&Gatos

Uma funerária em Sorocaba (SP) conta com uma “cãolaboradora” especial: a filhote de Golden Retriever, Nala, ajuda  pessoas a enfrentar o processo de luto. Sua missão, além de visitar os colaboradores da empresa, é portar mensagens de consolo e acolhimento dentro dos velórios.

- PUBLICIDADE -

Ela é a segunda “colaboradora” da empresa, que faz o trabalho também em suas operações no ABC Paulista. A prática, feita em alguns países, é pouco difundida no Brasil e ainda inédita na região de Sorocaba.

Nala leva amor e carinho a adultos e crianças enlutadas (Foto: reprodução)

A diretora administrativa da Ossel Assistência Sorocaba, empresa responsável pelo trabalho, Luana Barros, fala sobre os desafios do trabalho: “Nala está passando por um processo de adestramento para fazer um trabalho muito nobre nas unidades de velórios levando muito amor e carinho aos adultos e crianças enlutadas, além de alegrar nossos colaboradores”.

Para realizar o projeto, com a ajuda dos bichinhos, a empresa se baseia em um estudo de 2019, da Universidade Estadual da Flórida, que comprovou que pessoas enlutadas, quando estão na companhia de seus pets, enfrentam a situação de forma mais amena.

Segundo o sociólogo Dawn Carr, principal autor do estudo, “na vida cotidiana, ter um gato ou um cachorro pode não o tornar mais saudável. Mas, quando enfrentamos um evento estressante, podemos nos apoiar em um animal de estimação. Você pode conversar com seu cachorro. Ele não vai dizer que você é uma pessoa má, apenas vai amar você. Ou pode acariciar seu gato. É calmante”.

Simba foi o primeiro “funcionário” a prestar serviço como animal de apoio (Foto: reprodução)

E foi pensando nisso que a empresa implantou o serviço para pessoas enlutadas com a chegada do Simba, também filhote de Golden Retriever, nas operações do ABC Paulista. O cãozinho age como animal de apoio para todos os colaboradores e também para pessoas enlutadas.

Mas, essa não é a única missão dele: Simba também atua na Aba Vili Reabilitação – primeiro centro de atendimento de Santo André especializado em T21 (Síndrome de Down), além de autismo, TDAH, TOD, Deficiência Intelectual e demais síndromes – inaugurado neste ano e sob o comando da empresa.

Fonte: G1, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Como os animais associam músicas e gêneros musicais?

Como desbloquear o potencial do médico-veterinário?

Pneumonia é uma doença comum na clínica de animais de companhia

Compartilhe este artigo agora no