Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Pets e Curiosidades

Interação com pets como membros da família faz bem à saúde

Comportamento humano mudou e hoje eles são cuidados como filhos
Por Equipe Cães&Gatos
Family with dog in the bed
Por Equipe Cães&Gatos

O cão já não é mais apenas “o melhor amigo do homem”. Com a mudança no comportamento dos seres humanos e, consequentemente, na relação com os pets, os animais já se tornaram verdadeiros integrantes das famílias modernas, e é cada vez mais comum encontrar lares onde a presença de um animal de estimação é tão essencial quanto a de qualquer outro membro da família. 

Seja um cão leal, um gato carinhoso ou até mesmo animais exóticos, cada um contribui de maneira singular para a estrutura emocional do lar. A dinâmica familiar muitas vezes gira em torno das peculiaridades e personalidades únicas dos pets. 

Um estudo publicado no Scientifc Reports, em 2022, concluiu que a relação entre os humanos e os cachorros faz sentido cientificamente. Diversos testes foram realizados, e os cientistas analisaram diferentes raças de cães, concluindo a presença dos genes e receptores da ocitocina, receptores de melanocortina 2 (MC2R e WBSCR17.

Duas alterações no gene MC2R foram identificadas e associadas a características de aproximação e identificação aos seres humanos. Por essa alteração, os profissionais concluíram que sim, os cães, especificamente, são os melhores amigos dos humanos.

Family playing with their dog
Cuidar da saúde dos animais é uma expressão do amor e compromisso com estes membros especiais da família (Foto: reprodução)

Outras pesquisas sobre interações entre humanos e animais mostram efeitos positivos na saúde. Um exemplo é a redução dos níveis de cortisol (hormônio relacionado ao estresse) e diminuição da pressão sanguínea.

Com tudo isso em mente, já é de se prever que todos que possuem o seu pet de estimação temem por sua saúde e estão sempre pensando em prolongar a vida do seu companheiro. 

A médica veterinária do Veros Hospital Veterinário, Danielle Silveira, concorda que a prevenção é a chave para garantir uma vida longa e saudável para os pets. Consultas regulares ao veterinário, manter o calendário de vacinação em dia e uma dieta equilibrada são elementos essenciais para garantir o bem-estar desses companheiros peludos. Além disso, a conscientização sobre as necessidades específicas de cada espécie e raça é crucial para fornecer o cuidado adequado.

Os famosos “pais de pet” depositam amor, carinho e cuidado em seus animais e sentem que são retribuídos. Da mesma forma que os tutores se sentem bem ao brincar e passar bons momentos com seus animais de estimação, quando eles são atingidos por doenças ou fatalidades, o sofrimento é intenso. Perder um animal de estimação é uma dor irreparável, e pode causar até mesmo traumas psicológicos para os tutores. 

“Cuidar da saúde dos animais de estimação não é apenas uma responsabilidade, mas também uma expressão tangível do amor e compromisso que temos por esses membros especiais de nossas famílias. Ao investir na saúde dos pets, estamos investindo na longevidade e na felicidade de nossos lares”, afirma Danielle.

Fonte:  Veros Hospital Veterinário, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Cuidados com as fêmeas: É possível um cio após castração?

Obesidade em pets pode ser evitada com tratamento veterinário

Atenção: anemia em cães e gatos é sintoma, e não doença

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!