in

Investimento: Região Sul do Brasil ganha novo parque industrial da Nestlé Purina

Empresa destinará recursos da ordem de R$ 1 bilhão para a construção de fábrica no Estado de SC

A Nestlé Purina anunciou ontem (24) um investimento estimado em torno de R$ 1 bilhão para a construção de um novo parque industrial no Estado de Santa Catarina, que atenderá à crescente demanda do mercado brasileiro por alimentos para cães e gatos, bem como consolidará o País como uma importante plataforma de exportação de produtos para outros países da América Latina, Estados Unidos e Europa.

A previsão inicial é de contratação de 200 profissionais nos próximos anos e, durante as etapas de instalação, mais de 1,8 mil terceiros. O projeto permitirá acelerar o crescimento de Purina em um mercado estratégico para o Grupo Nestlé.

Com uma fábrica em operação em Ribeirão Preto (SP), onde investiu mais de R$ 500 milhões para implementar tecnologias exclusivas adotadas na fabricação de seus produtos úmidos, em 2018, e mais R$ 120 milhões recém-anunciados para expansão de capacidade, a Nestlé Purina tem aumentando seu faturamento em dois dígitos nos últimos três anos no País.

“Esta é uma grande oportunidade para ampliarmos a atuação de Nestlé Purina no Brasil e acelerarmos seu crescimento estratégico que tem sido fundamental para os resultados positivos em nosso mercado. Além disso, ficamos muito felizes em fazer esse anúncio no ano em que a Nestlé celebra seu centenário no Brasil”, afirmou o CEO da Nestlé Brasil, Marcelo Melchior.

A previsão inicial é de contratação de 200 profissionais nos próximos anos e, durante as etapas de instalação, mais de 1,8 mil terceiros (Foto: reprodução)

A nova planta será construída já considerando política de zero destinação para aterros sanitários, projetos de reuso de água resultantes do tratamento de efluentes industriais, uso crescente de fontes renováveis e energia. Na primeira fase, será instalada uma linha de alimentos úmidos (wet) de tecnologia avançada, única e patenteada.

O parque industrial terá a estrutura dimensionada para contemplar outras fases de ampliação e instalação de mais linhas de produção de alimentos úmidos, secos e outras tecnologias da indústria de petfood. Para atender ao potencial do empreendimento, a empresa está prospectando uma área privada na região do município de Vargeão, localizado na região Oeste de Santa Catarina.

“Estamos confiantes de que levaremos esse importante investimento para o Estado de SC. A localização que estamos estudando será estratégica para acelerarmos nosso crescimento. Entendemos, também, que a nova fábrica, pela complementariedade, vai gerar valor para as cadeias produtivas da região com o aumento da demanda por insumos da agroindústria existente”, comentou o CEO de Nestlé Purina no Brasil, Marcel de Barros.

Mercado crescente

O Brasil é o segundo maior mercado do mundo em relação ao número de cães e gatos per capta (por 1.000 pessoas), segundo dados da Abinpet e Euromonitor, perdendo apenas para os Estados Unidos. A população de pets vem crescendo consistentemente no país e a estimativa é chegar aos quase 101 milhões de cães e gatos em 2025. O segmento de alimentos responde por 75% do mercado de pets, seguido pelo veterinário (17%) e o de cuidados (8%) – e o total movimentado no país em 2020 foi de R$ 27,02 bilhões, crescimento de 21,2% em relação ao ano anterior, de acordo com a Abinpet.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Etapa do método CED, marcação na orelha de gatos não se configura mutilação

Monitoramento nutricional como parte do manejo da saúde do gato

Pesquisa: CRMV-SP visa identificar a destinação de resíduos na criação e atendimento animal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cuidados pets no inverno

Médica-veterinária da Royal Canin dá dicas sobre cuidados com os pets durante o inverno

uso de medicamentos veterinários

Adepará e CRMV-PA realizam webinar sobre uso racional de medicamentos veterinários