in

MSD Saúde Animal lança pesquisa para entender o cenário da saúde mental dos veterinários

Levantamento será realizado junto a entidades do setor, como Anclivepa-SP, WSAVA e Ekôa Vet

A MSD Saúde Animal está lançando uma pesquisa para mapear como anda a saúde mental dos médicos-veterinários. A iniciativa, que faz parte do programa de bem-estar lançado recentemente pela companhia, será a base para ações, entre cursos, palestras e workshops, que serão realizadas durante todo o ano de 2022 a fim de auxiliá-los no seu dia a dia.  

A pesquisa é realizada em parceria com a Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais de São Paulo (Anclivepa-SP), World Small Animal Veterinary Association (WSAVA) e Associação Brasileira em Prol da Saúde Mental na Medicina Veterinária (Ekôa Vet).

A Medicina Veterinária é a profissão com maior risco de suicídio (Foto: reprodução)

De acordo com dados do Sistema Único de Saúde e de estudo da Universidade de Southampton School of Medicine, a Medicina Veterinária é a profissão com maior risco de suicídio. Com isso, a pesquisa vai auxiliar a companhia e as organizações a entender a causa e como dar suporte a esses profissionais.  

“A ideia é que essa pesquisa traga insights para produzirmos um programa assertivo para melhorar a qualidade de vida e dar suporte aos desafios encontrados no dia a dia desses profissionais que lidam com os pets. A Medicina Veterinária é uma das profissões mais importantes que existem e nós, da unidade de negócios de animais de companhia, queremos cuidar desses veterinários que cuidam dos nossos animais, considerados membros da família”, relata a  gerente de Soluções Estratégicas e Serviços Médicos-Veterinários da MSD Saúde Animal, Daniela Baccarin. 

O questionário é on-line e confidencial. Todos os médicos-veterinários do Brasil podem participar, independentemente da área de atuação. Os interessados podem colaborar com o levantamento acessando este link até o dia 27 de julho. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Mudanças climáticas podem interferir na Saúde Única e gerar problemas no planeta

Orgulho LGBTQIA+: Veterinário destaca experiências positivas dentro e fora da profissão

CFMV regulamenta a telemedicina veterinária e explica o que corresponde cada modalidade

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

desmatamento

Estudo indica que desmatamento e caça ilegal podem causar novas epidemias no Brasil

boto

Estudo destaca a importância de relações cooperativas entre humanos e animais selvagens