in

OMS: Especialistas podem se candidatar para atuar em grupo consultivo sobre antimicrobianos

Profissionais têm até o dia 05 de maio para enviar documentos via e-mail

A Organização Mundial da Saúde (OMS) está procurando especialistas para atuar como integrantes do Grupo Consultivo dos Antimicrobianos Críticos para a Medicina Humana (List of Critically Important Antimicrobials – CIA). Interessados têm até o dia 05 de maio para enviar os documentos ao e-mail: [email protected], com o assunto “Expression of interest for the AG-CIA”.

Dentre várias funções, o grupo vai atuar como conselheiro científico e técnico para revisões da CIA. A lista da ONU classifica os agentes antibacterianos com base em critérios de importância relativa de cada agente antimicrobiano na Medicina Humana. Além disso, os especialistas escolhidos vão aconselhar sobre o uso de antimicrobianos em diferentes setores; dar suporte em publicações relevantes; e aconselhar e apoiar a OMS na promoção da CIA em países.

Os especialistas escolhidos vão aconselhar sobre o uso de antimicrobianos em diferentes setores (Foto: reprodução)

Aproximadamente 15 profissionais serão selecionados. O candidato deve possuir conhecimentos técnicos, habilidades e experiências relevantes para a resistência antimicrobiana e o uso de antimicrobianos em diferentes setores. Podem ser médicos-veterinários, cientistas, microbiologistas, epidemiologistas, profissionais de saúde, especialistas em saúde pública, profissionais de alimentos, agricultura e meio ambiente ou outras disciplinas resistência antimicrobiana, vigilância, prevenção e controle.

Os integrantes do grupo não serão remunerados. As despesas de viagem e de acomodação serão pagas pela OMS. O idioma de trabalho será o inglês.

Clique aqui e saiba mais detalhes.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

“Não me deixe esquecer”: veterinários explicam Síndrome da Disfunção Cognitiva

Linfoma alimentar em gatos afeta cerca de 70% dos pacientes diagnosticados com câncer

Veterinários do CRMV-SP afirmam: bom atendimento aos pets deve se estender aos tutores

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Visando bons tratos aos animais, PremieRpet lança campanha “Fita Laranja”

CRMV-SP solicita imunização de veterinários contra a Covid-19, mas Justiça nega