in

PremieRpet apresenta exposição imersiva “Nós e os cães: a arte da amizade sem igual”

A atração, que está em cartaz em São Paulo, promove um mergulho no universo dos cães com tecnologia e interatividade

O Brasil é, atualmente, o segundo em população de pets no mundo. Segundo dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) são mais de 54 milhões de cães vivendo por aqui. Para um país que tem tanto carinho com o “melhor amigo do homem”, uma exposição pioneira no Brasil, que tem cães como tema, é parada obrigatória. 

Com apresentação da PremieRpet, “Nós e os cães: a arte da amizade sem igual” está em cartaz no Shopping Mooca, em São Paulo, de 08 de junho a 31 de julho. A exposição imersiva é pet friendly e explora de maneira inédita a relação de cumplicidade entre seres humanos e cães, com tecnologia, interação e conhecimento. A curadoria é do jornalista Jaime Spitzcovsky e a produção da YDreams Global. 

 “Promover essa exposição é uma forma de transformar em arte a essência do nosso trabalho: tornar a relação entre as pessoas com seus animais de estimação a mais próxima, prazerosa e longa possível. Os visitantes têm a oportunidade de se aprofundar em aspectos históricos e curiosidades sobre a conexão entre cães e humanos através dos tempos”, afirma Madalena Spinazzola, diretora de planejamento estratégico e marketing corporativo da PremieRpet. 

Para promover a exposição, a empresa produziu uma série de vídeos veiculados em seu canal do YouTube e perfil do Instagram, em que pessoas de diversas idades falam da relação com seus cães. Além de relatos emocionantes, os registros trazem depoimentos com suposições dos entrevistados sobre a verdadeira origem desses animais. Quem desejar também pode enviar um relato pessoal pelo site da exposição.  

nós e os cães
A primeira parada da exposição é uma viagem por uma história de 40 mil anos. Em uma sala circular, o público poderá conhecer o processo histórico de domesticação de cães (Foto: Reprodução)

A exposição 

Em mais de 200m2, o espaço é dividido em seis ambientes temáticos que proporcionam experiências como enxergar o ambiente com as cores da visão canina, compreender, através de vídeos e animações, como ocorreu a domesticação há milhares de anos, e aprender como os cães contribuíram com civilizações antigas, além de seu papel na sociedade contemporânea e sua presença e diferentes características em muitos países. 

1.  O início de uma amizade 

A primeira parada da exposição é uma viagem por uma história de 40 mil anos. Em uma sala circular, o público poderá conhecer o processo histórico de domesticação dos cães. O espaço tem uma cenografia que retrata o visual daquela época, em paredes com pinturas rupestres, bancos de toco e chão que reproduz terra batida, para colocar o visitante no contexto da ambientação. 

2.  Uma parceria de milênios 

Neste espaço será possível acompanhar como a relação atravessou a história de algumas civilizações para chegar aos cães de trabalho, quando os animais passam a desenvolver diferentes tarefas como companhia, terapia etc. Na simulação de adestramento o visitante realiza os comandos com os movimentos das mãos e o cãozinho virtual realiza a tarefa. Ao centro da sala, um sítio arqueológico reproduz uma cena marcante no mundo científico: a descoberta de uma ossada humana ao lado de um cão. 

3.  Uma variação sem igual 

Aqui, o público vai conhecer origens e características dos principais grupos de raças e dos SRDs (sem raça definida), chamados popularmente de vira-latas, e descobrir com qual raça mais se parece a partir de um quiz. A brincadeira também direciona o visitante à plataforma MatchPet da PremieRpet, para saber ainda mais sobre as diferentes raças. 

4.  Volta ao mundo com os cães 

Neste ambiente da exposição, o visitante “embarca” em um balão e dá uma volta ao mundo, conhecendo um pouco da relação entre humanos e cães em diferentes países. 

5.  O mundo visto pelos cães 

Na penúltima ala da mostra, é o momento do humano se colocar, de fato, no lugar dos cães, através de experiências sensoriais: de olfato, visão e audição. É o local para descobrir e entender como os cachorros enxergam e sentem o mundo ao redor deles. A sala também dá uma dica importante ao visitante: os áudios disponíveis no canal do YouTube da PremieRpet  que mascaram e reduzem ruídos com o objetivo de aliviar os efeitos nocivos aos pets. 

6.  Por uma amizade sem fim 

Ao final do passeio, no piso 2 do Mooca Plaza Shopping, monóculos trazem fotos de tutores e cães. Estas imagens inspiram os visitantes a saberem mais sobre adoção e guarda responsável e sensibilizam para o combate ao abandono e os maus tratos. 

Compre seu ingresso no site e confira todos os detalhes da exposição.  

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Alguns comportamentos felinos são considerados formas de comunicação com o tutor

CFMV homologa emissão de títulos de especialista em animais selvagens e em endocrinologia

Instituto de Estudos Avançados da USP lança livro sobre comunidades e famílias multiespécies

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

gato cinema

Frontline aposta em produção cinematográfica para estimular adoção de gatos

medicão

Projeto Medicão, de Terapia Assistida por Animais, recebe apoio de Royal Canin