in

Vetor Norte de Belo Horizonte receberá hospital veterinário com 1.800 metros quadrados

Hospital terá capacidade de atendimento clínico e cirúrgico de mais de 120 animais de pequeno e grande porte, diariamente

Em Belo Horizonte (MG), a construção de um novo hospital veterinário tem chamado atenção de tutores de animais e profissionais da área. O Vetor Norte receberá o maior complexo de saúde veterinária, com 1.800 metros quadrados e uma infraestrutura completa. A previsão de inauguração é para o primeiro semestre de 2022. 

O hospital é financiado pelo Una Linha Verde, instituição do grupo Ânima Educação, e terá capacidade para o atendimento clínico e cirúrgico de mais de 120 animais de pequeno e grande porte, diariamente. 

Contudo, o espaço trata-se de um hospital escola e a sua estrutura contará com uma portaria e recepção específica para tutores e animais; laboratório integrado de necropsia; laboratório de análises clínicas e setor de diagnóstico por imagem, além de internação; dispensário para armazenamento de medicamentos e insumos de rotina; bloco cirúrgico; setor de grandes animais com baias e piquetes para equinos, bovinos e ruminantes. 

O projeto visa construir uma pista de equoterapia e treinamento equestre; canil; espaço de convivência cat friendly; ala administrativa e conforto médico com dormitório para equipe técnica. 

Hospital Escola 

Para o diretor da unidade Linha Verde, Bruno Antunes, a vivência acadêmica e prática, e um hospital escola é essencial na vida de todos os estudantes da área da saúde. “Um estudante de Medicina Veterinária necessita de infraestrutura que permita a realização de práticas específicas ou integradas e a vivência da rotina clínica, cirúrgica e laboratorial”, afirma. 

Além disso, há muitas necessidades em ampliações de complexos hospitalares veterinários no Brasil, já que, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos Para Animais de Estimação (Abinpet), são cerca de 140 milhões de pets em todo território nacional. Somente entre cães e gatos, são aproximadamente 78 milhões. Sendo assim, o País é considerado o terceiro com maior população de animais domésticos do mundo.

“Os animais de estimação fazem parte de uma quantidade considerável de lares brasileiros. Do atendimento clínico generalista às especialidades, a preocupação com a saúde deles virou algo super importante”, destaca a coordenadora do curso de Medicina Veterinária da Una Linha Verde, Marina Greco. 

Hospital em BH
“Cat Friendly” foi inaugurado com 40 metros quadrados para receber gatos abandonados e vítimas de maus-tratos. (Foto: divulgação)

Acolhimento e cuidado a animais abandonados

Financiado também pela instituição de ensino, o espaço “Cat Friendly” foi inaugurado com 40 metros quadrados para receber gatos abandonados e vítimas de maus-tratos.

O ambiente quer promover um convívio favorável à adaptação familiar e consequentemente, adoção desses animais abandonados, bem como, estabelecer maior interação entre as pessoas e os felinos, com benefícios, inclusive, terapêuticos. 

Maria Greco afirma que, “houve um crescimento anual de 8% na população felina em domicílio. Porém, é grande também o número de gatos que vivem nas ruas, multiplicando-se nos centros urbanos”. E por conta desses números o projeto pretende enfatizar a importância do espaço. 

Fonte: EM.COM, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

A partir de 2022: FMVZ-Unesp terá Curso de Especialização em Ciência dos Alimentos

CRMV-SP passa a realizar evento único para premiação de veterinários e zootecnistas

Câncer de pele em pets: como prevenir, tratar e saber a hora certa para a eutanásia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Processo seletivo Sorocaba

Zoológico Municipal de Sorocaba (SP) abre inscrições para processo seletivo

estande

Pet South America e Pet Vet movimentaram R$ 4,1 milhões em rodadas de negócios