Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Pets e Curiosidades

Vômito não deve ser considerado comum, nem para gatos

Para especialista, é melhor entender qual a origem do problema
Por Equipe Cães&Gatos
Portrait cat
Por Equipe Cães&Gatos

Quem tem gato em casa já presenciou vários episódios de vômitos, nos tapetes, no sofá e até na cama. Se os gatos fossem seres humanos, você provavelmente ficaria preocupado com a frequência com que isso acontece, certo?

Como conhecemos os nossos amigos felinos há bastante tempo e seus hábitos também, vemos essa atitude bizarra como algo que faz parte de sua natureza. No entanto, por que é que os gatos vomitam com tanta frequência? Isso realmente é algo normal? 

De acordo com especialistas, o vômito não deve ser considerado algo comum para nenhuma criatura viva. Mas, antes de levar seu animal de estimação para o veterinário, é melhor entender qual a origem do problema e como lidar com isso.

Em geral, uma das primeiras coisas que um dono de gato precisa ter em mente é: como determinar se seu pet realmente está vomitando ou se é outra coisa que está acontecendo? Afinal, existem alguns alarmes falsos neste processo. E um deles são as famosas bolas de pelo — que não configuram exatamente um vômito de doente.

beautiful cute cat licking his paw on stylish bed with funny emotions on background of room
Até mesmo no caso das bolas de pelo, consideradas normais, devem ser alvo de atenção se ocorrerem com frequência (Foto: reprodução)

Gatos saudáveis passam entre 30% a 50% do dia se cuidando e lambendo seu corpo, logo, grande parte desse pelo tratado vai parar no estômago. Normalmente, o pelo passa pelo sistema gastrointestinal e acaba nas fezes do seu pet. Porém, quando isso não ocorre, você verá os felinos soltando impressionantes bolas de pelo por todos os lados.

Essas bolas de cabelo são eliminadas pela boca, criando um processo quase idêntico ao vômito. A única diferença, no entanto, é justamente o conteúdo que cairá no tapete. Você poderá ver que o seu gato soltou um chumaço de pelo molhado em vez de uma poça de vômito carregada com tudo que ele comeu durante o dia.

Contudo, até mesmo as bolas de pelo podem ser sinal de algo mais sério. Gatos saudáveis tendem a soltar bolas de pelo, em média, duas vezes por ano. Porém, se esse processo acontecer várias vezes por mês, o ideal é que o animal de estimação seja levado ao veterinário.

Cat
Para saber se é um caso de vômito ou alguma outra condição – regurgitação, náusea etc – basta olhar o conteúdo expelido pelo animal (Foto: reprodução)

Outra sósia do vômito é a tosse felina. Quando gatos estão tossindo, muito se parece com quando eles estão vomitando, mas tudo que sairá de suas bocas será espuma ou muco. A náusea é outra semelhante. Seu animal de estimação pode até ameaçar vomitar, mas nada sairá pelo fato do seu estômago estar vazio.

Por fim, também existe a regurgitação. Embora seja um processo extremamente igual ao vômito, os gatos regurgitam o alimento antes mesmo dele chegar ao estômago. Isso pode acontecer se eles comeram rápido demais. 

Você pode saber se o alimento não chegou ao estômago observando a consistência da comida: se ainda estiver em pedaços sólidos e não apresentar bile amarela, provavelmente ela foi regurgitada.

De qualquer forma, não é porque seu gato não vomitou em pleno significado que você deve ignorar seus atos. Cada um desses processos é muito semelhante e são necessários anos de treinamento para ter certeza do que você está falando. Logo, se tiver dúvidas, não custa nada levar o seu gatinho para uma visita ao veterinário.

Fonte: Mega Curioso, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Abandono de 300 gatos na orla de Salvador é problema de saúde pública

Algumas raças de cães sofrem mais com o calor, veja quais são

Prefeitura de Goiânia resgatou mais de 300 animais silvestres em 2023

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!