Buscar na cães e gatos

Pesquisar
Close this search box.
- PUBLICIDADE -
Inovação e Mercado

Atenção veterinários: o que enviar por e-mail aos tutores?

Forma de comunicação pode ser melhor aproveitada, segundo estudo dos EUA
Por Equipe Cães&Gatos
iStock-1049887368
Por Equipe Cães&Gatos

O e-mail permite veicular informações a um grupo amplo e de forma bastante acessível. Mas, apesar de ser uma maneira fácil de interagir com os tutores, ainda é pouco aproveitado pelos médicos-veterinários. 

Um estudo norte-americano, promovido pela Blue Research, aponta que, apesar de 98% dos tutores se interessarem por receber comunicações via e-mail dos seus médicos veterinários, apenas 54% realmente recebiam esse tipo de comunicação.

Aliado a isso, 94% dos que receberam e-mails apontam que abriram esta informação recebida por parte dos médicos veterinários. Mas o que querem os tutores ver nesses e-mails? 

Pets acting like humans, a welsh corgi pembroke dog sitting in the armchair using laptop, phone
Pesquisa aponta de que forma o médico-veterinário pode se comunicar com os tutores (Foto: reprodução)

63% quer lembretes de prescrições com os links para as adquirir; 62% valoriza informação que poderia melhorar a saúde do animal; 54% quer descontos para produtos que compram para o seu animal; 48% recomendações de produtos a considerar; 47% em descontos para produtos que estão a pensar em comprar e 36% quer notícias e atualizadas sobre animais.

As reações à comunicação educacional e promocional também foi positiva: 77% valorizam e/ou atuariam sobre o conteúdo recebido no exemplo de email promocional; 50% aprecia receber este tipo de informação do seu médico veterinário; 30% acredita que o seu veterinário quer ajudá-lo mesmo quando não estão a levar o seu animal a uma consulta; 40% pensa em clicar no botão “Ler agora” para saber mais sobre o artigo; e 35% considera clicar no botão “Comprar agora” para ver o que é oferecido.

Relativamente a este tipo de conteúdo, 60% dizem ser mais provável abrirem-no se o remetente for o seu veterinário. Apenas 18% afirma que o faria se fosse de uma empresa dedicada a vender produtos veterinários.

Fonte: Abilways, adaptado pela equipe Cães e Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Tratamento ortomolecular pode beneficiar pets com variadas doenças

Terapias inovadoras promovem cura e mobilidade dos pets

Diagnóstico precoce é essencial na Oftalmologia Veterinária

NewsLetter

Cadastre-se agora e receba nossos boletins e atualizações em seu email. 

Integração
Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!