in

CRMV-SP realiza seminário sobre posse responsável de pets e seu impacto na biodiversidade

Será no dia 27 de abril, às 9h, direcionado a veterinários, médicos e biólogos da Saúde Pública

Atualmente, o Brasil conta com mais de 24,7 milhões de animais e o número segue crescendo cerca de 3% ao ano, como apontam dados da Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet), de 2019.

Com a chegada dos animais de estimação em casa, o tutor precisa garantir uma guarda responsável aos mesmos, que nada mais é que um conjunto de regras que deve ser seguido pela família que decide ter pet. Essas regras servem para garantir a saúde física e mental, a segurança e o bem-estar do novo membro da família.

Pensando nisso, o Conselho Regional de Medicina Veterinária do Estado de São Paulo (CRMV-SP), por meio de sua Comissão de Animais Silvestres, realiza um seminário, em formato digital, abordando as principais dúvidas sobre “Posse responsável de cães e gatos como ferramenta à conservação da Biodiversidade”. Será no dia 27 de abril, às 9h, pela plataforma Sympla Streaming, com acesso gratuito.

Com o objetivo de contemplar as diferentes áreas de atuação do médico-veterinário de animais selvagens, o evento abordará temas como Medicina Veterinária do Coletivo, Interação entre carnívoros domésticos e silvestres, Ações de controle populacional em áreas de entorno das unidades de conservação, entre outros.

O público-alvo são médicos-veterinários e graduandos, além de médicos e biólogos que atuam na Saúde Pública. A programação do encontro on-line conta com as seguintes palestras: “Medicina Veterinária do Coletivo: conceito e ação”, com a médica-veterinária Rosângela Ribeiro Gebara; “Interação entre carnívoros domésticos e silvestres – impactos e consequências para a Biodiversidade”, por Ricardo Dias; “Casuística dos animais silvestres vitimados recebidos pelo CRAS e CETAS do Estado de São Paulo”, com Liliane Milanelo; apresentação do Programa Cãoservação, por Silvia Neri Godoy; “Ações de Controle populacional em áreas de entorno das unidades de conservação”, com a veterinária Hélia Maria Piedade.

Clique aqui para obter mais informações.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Justiça determina que elefante Sandro permaneça no Zoológico de Sorocaba, interior de SP

Uso de cannabis para tratamento animal deve passar por autorização judicial

CFMV habilita entidade para concessão de Título de Especialista em Endocrinologia Veterinária

(Foto: reprodução)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

abril laranja

Campanha Abril Laranja mostra a importância de denunciar maus-tratos a animais

País europeu proíbe adoção de cães braquicefálicos e veterinária explica o motivo