in

De olho no mercado chileno, setor pet brasileiro prevê novas exportações em 2022

Chile é o País que mais importou produtos pets brasileiros no primeiro trimestre; empresas dos dois países participam de rodada de negócios na próxima terça-feira (28)

O mercado pet brasileiro prevê expansão de negócios na América do Sul neste ano. O Chile é um dos focos, pois no primeiro trimestre deste ano, foi o País que mais importou produtos pets brasileiros, com valor FOB de aproximadamente R$ 4 milhões – à frente de EUA (R$ 3,8 milhões) e Colômbia (R$ 3 milhões), segundo dados da Comex Stat. 

exportação
O Chile é um dos focos, pois no primeiro trimestre deste ano, foi o País que mais importou produtos pets brasileiros (Foto: reprodução)

Nesse contexto, cerca de 25 empresas dos dois países vão participar, no próximo dia 28, às 10h, de uma rodada internacional de negócios. O evento é promovido pelo Instituto Pet Brasil (IPB), instituição que há nove anos estimula o desenvolvimento do setor pet brasileiro, em parceria com a Agência Brasileira de Promoções e Exportações e Investimentos (ApexBrasil), dentro do Projeto Setorial Pet Brasil. 

A rodada de negócios será virtual e contará com palestras do chefe do Setor Econômico e Comercial da Embaixada do Brasil em Santiago, Samo Gonçalves, e da vice-presidente da Câmara de Comércio Chileno-Brasileira, Selma Nunes. 

O que é o projeto? 

O Projeto Setorial Pet Brasil oferece orientação a empresas com interesse em exportar seus produtos e serviços, bem como em promover o setor pet brasileiro, por meio de missões comerciais, rodadas de negócios, delegações brasileiras em feiras internacionais, entre outras ferramentas. Países como Argentina, Chile, Colômbia, Peru, China e Emirados Árabes estão entre os focos das rodadas de negócios no calendário do projeto em 2022. 

O calendário de feiras começou em março, na Global Pet Expo, em Orlando (EUA), com a intermediação de empresas brasileiras para o evento. O IPB também marcou presença e deu apoio aos negócios nacionais no Interzoo (realizado em maio, na Alemanha). Também faz parte do calendário o International Pet Meeting (novembro, no Brasil). 

Empresas brasileiras podem manifestar interesse em participar das ações internacionais promovidas pelo IPB preenchendo formulário neste link. Além da participação em eventos exclusivos, participantes do Projeto Setorial Pet Brasil têm benefícios como o chão de feira, coordenação da montagem do estande e coordenação do evento. 

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Buscar informações antes de adotar um pet é fundamental para evitar o abandono

Veterinário aborda a importância da vacinação contra a raiva para os pets e seus tutores

Doutorando da UFMG faz descoberta inédita sobre a piometra, infecção uterina em cães

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

tosse dos canis

Tosse dos canis: médico-veterinário explica quais os sintomas e como tratar a doença

fachada Pet Society

Pet Society destaca estrutura de nova fábrica e lançamento da linha Hello Kitty and Friends