in

Durante festas de fim de ano, tutores devem estar mais atentos aos pets

Alguns alimentos são de extremo risco para a saúde do animal e é importante evitá-los

O Natal e Ano Novo são épocas de reunir a família, celebrar e comer. Sendo assim, é preciso redobrar a atenção com os pets, já que as refeições típicas das festas de fim de ano podem fazer muito mal aos cães e gatos.

O médico-veterinário, especialista em nutrição de cães e gatos e supervisor de capacitação técnico-científico da PremieRpet, Flávio Silva, destaca que nem todas as refeições consumidas podem ser compartilhadas com os bichos. Os “alimentos que fazem a alegria dos humanos podem esconder diversos perigos para os animais. Uva, chocolate, alho e cebola são apenas alguns exemplos de ingredientes muito usados nos pratos típicos desta época do ano e que podem intoxicar os pets. Sem falar nos exageros que comprometem o equilíbrio nutricional e causam mal-estar ao animal”.

Por isso, é muito importante resistir aos olhares pidões, aos apelos insistentes e não partilhar as refeições e aperitivos. “O pet é membro da família e é natural que ele seja incluído nas festas, porém, é necessário encontrar outros meios de inclusão, com brincadeiras e petiscos específicos para eles, como cookies e alimentos úmidos”, finaliza Silva.

Além disso, o especialista ressalta que os petiscos não devem ser oferecidos em excesso, a fim de não comprometer o equilíbrio nutricional e nem interferir no apetite, fazendo com que o pet deixe de comer sua refeição habitual.

comidas natalinas
O pet é membro da família e é necessário encontrar outros meios de inclusão, com petiscos específicos para eles. (Foto: reprodução)

Dicas de como evitar contratempos durante as festas:

Alguns alimentos são totalmente proibidos aos cães e gatos, como por exemplo: a cebola, alho, chocolate, uva e macadâmia. Além das comidas, as bebidas alcoólicas são extremamente prejudiciais.

É necessário atenção com o lixo produzido durante as festas para que fiquem fora do alcance do animal, evitando acidentes e ferimentos dependendo do material que houver dentro do saco.

Outra dica importante são, os enfeites natalinos que ficam espalhados, eles podem causar danos aos pets, que podem ingerir e causar engasgo ou até mesmo problemas sérios.

Seguindo essas dicas, o pet poderá aproveitar as festas de fim de ano junto com a família, com saúde e sem complicações posteriores.

Fonte: A.I, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Luto pela perda de um animal de estimação ainda é desmerecido por muitas pessoas

Dia do Doador de Sangue: doação também é um ato de amor entre os gatos

Hospital Veterinário da Anhembi Morumbi inaugura Sala de Vacina com preços acessíveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

reunião CFMV/CRMVs

Sistema CFMV/CRMVs reuniu advogados e comunicadores para reunião para novas propostas

mutirão

CRMV-MG coíbe realização de mutirão de castração sem estrutura adequada