in

HealthforAnimals recomenda cinco ações veterinárias para melhorar saúde pública global

As ações são divididas em: vigilância, intercâmbio de dados, acesso a medicamentos, investimento na prevenção e voz da saúde animal

A organização HealthforAnimals apelou para que os líderes mundiais adotassem uma abordagem One Health em que os animais sejam reconhecidos como uma linha de defesa essencial, numa carta aberta. Nesse sentido, a organização recomenda cinco ações para melhorar a saúde pública global, mostra o Portal Veterinária.  

saude
“Um novo reconhecimento de que a saúde animal melhora a saúde de todos” (Foto: Reprodução)

As ações são as seguintes: 

Vigilância – A organização nota que “a deteção precoce e frequente das zoonoses proporciona uma oportunidade crucial para tratar ou isolar a infeção em animais antes de um surto”. 

Intercâmbio de dados – Garantir que a informação seja rapidamente compartilhada acelera a resposta adequada para minimizar o risco. “A criação de uma plataforma internacional e integrada para a troca de alertas e atualizações entre os setores público e privado pode preparar todas as partes interessada”, defende a HealthforAnimals. 

Acesso a medicamentos – O desenvolvimento de políticas e mecanismos de financiamento podem reforçar o acesso aos medicamentos nos países em desenvolvimento. “No entanto, as barreiras regulamentares e a falta de infraestruturas são obstáculos significativos”, apontam. 

Investimento na prevenção – A HealthforAnimals apela a um maior investimento em países onde as zoonoses representam a maior ameaça. 

Voz da saúde animal – “Os peritos veterinários e ambientais são consultados tardiamente ou não são consultados. Esta é uma oportunidade perdida”, considera. 

A HealthforAnimals conclui a carta aberta, afirmando que “a política de saúde e a governação na sequência da pandemia da Covid-19 precisam ser remodeladas em torno de um novo reconhecimento de que a saúde animal melhora a saúde de todos”. 

Fonte: Veterinária Atual, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Médica-veterinária fala sobre esporotricose e melhor opção de tratamento

Veterinários devem ter atenção ao distinguir lesão na boca de felinos entre benignas e malignas

USP e Prefeitura de São Paulo firmam convênio para oferecer tratamento gratuito a cães e gatos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

macaco Bonito

Alimentar animais silvestres é crime e prefeitura de Bonito (MS) alerta visitantes

mercado pet

Brasil aumenta faturamento e alcança 6ª posição do ranking mundial do mercado pet