in

Royal Canin alerta tutores para os cuidados alimentares com os gatos

Alguns dos sintomas da alergia alimentar podem estar relacionados com distúrbios cutâneos e ou gastrointestinais

Hoje, dia 08 de julho é comemorado o Dia Mundial da Alergia. A data, definida pela Organização Mundial da Saúde (OMS), foi criada com o intuito de alertar as pessoas sobre a importância do assunto. Em sinergia com essa preocupação, a Royal Canin, marca que oferece Saúde Através da Nutrição para gatos e cães, vem conscientizar os tutores sobre os cuidados com a sensibilidade alimentar dos pets.

As proteínas estão entre as principais causas de alergia alimentar em gatos e cães. Uma vez absorvidas, essas proteínas podem causar reações alérgicas que tendem a resultar em manifestações cutâneas e ou gastrointestinais

Para minimizar a chance de reações alérgicas, as proteínas podem ser submetidas a um processo chamado de “hidrólise”, em que é feita a sua “quebra” em partículas menores para, assim, não serem reconhecidas como alérgenos pelo organismo. Esse processo também aumenta a digestibilidade do alimento.

O diagnóstico mais confiável de alergia alimentar pode ser obtido com o uso de uma dieta de eliminação hipoalergênica seguida pelo desafio alimentar, a partir da exposição à dieta usada originalmente. Existem dois tipos de alimentos considerados hipoalergênicos: os alimentos com fontes hidrolisadas e os alimentos com ingredientes exclusivos.

As proteínas estão entre as principais causas de alergia alimentar em gatos e cães (Foto: reprodução)

Alimentos formulados com fontes hidrolisadas de proteína (ex: proteína hidrolisada de soja) e fontes de carboidratos altamente digestíveis (ex: arroz, batata, mandioca) são significativamente eficazes para o controle de problemas dermatológicos e digestivos em que há reações alérgicas, tais como: alergias alimentares e doenças inflamatórias crônicas intestinais.

A Royal Canin, que investe constantemente em pesquisas para identificar as diferentes necessidades dos pets e lançar alimentos que contribuem com sua qualidade de vida, saúde e bem-estar, trouxe ao Brasil o alimento Hypoallergenic Moderate Calorie Canine, para ampliar ainda mais o portfólio da linha dermatológica, que conta também com a linha Hypoallergenic Feline para gatos. Ele auxilia no tratamento da hipersensibilidade alimentar em cães e ainda ajuda no controle de peso.

Hypoallergenic Moderate Calorie Canine complementa o portfólio da Linha de Nutrição Veterinária da marca, que conta também com os alimentos Hypoallergenic Canine e Hypoallergenic Small Dog como soluções nutricionais para cães com hipersensibilidade alimentar. A nova versão, exclusivamente formulada para cães que apresentam necessidades específicas relacionadas a essas alergias, assim como o Hypoallergenic Canine, possui como destaque a proteína hidrolisada de baixo peso molecular, colaborando na redução do potencial alergênico da dieta.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Professores da FMVZ-Unesp criam aplicativo com informações sobre a raiva em pets e humanos

CFMV destaca participação em Conselho da World Veterinary Association (WVA)

Fim da reprodução de braquicefálicos: será, de fato, possível esse marco na Veterinária?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

título de especialista

CFMV destaca participação em Conselho da World Veterinary Association (WVA)

Julho Pet Articular Vetnil

Vetnil lança campanha Julho Pet Articular para levar informações aos tutores e pets