in

Profissional alerta sobre alimentos oferecidos aos pets nas festas de final de ano

Dona da marca Amigos PUG lista comidas totalmente nocivas aos cães

Quando o assunto é alimentação dos pets, é comum haver muitas discussões sobre o tema. Alguns tutores são adeptos a compartilhar os alimentos dos humanos com seus animais, enquanto outros cuidados mais precavidos, focam em comidas exclusivas, como a ração e petiscos preparados industrialmente, ideal para uma refeição segura e com os nutrientes indicados para a saúde deles.

A criadora de conteúdo e dona da marca Amigos PUG, a publicitária Francine Ther, alerta sobre os alimentos que são proibidos para os cães neste período de festas. “Principalmente para quem acabou de receber um filhote, e terá a casa cheia com crianças e até adultos, às vezes, uma simples ação inocente de oferecer o mesmo alimento que está consumindo, achando que pode estar apenas agradando o cãozinho, vai causar um grande problema para a família, colocando em risco a saúde do animal”.

Pensando nisso, e nas festas de fim de ano que se aproximam, Francine destacou alguns itens que são extremamente proibidos para seu Pug e demais cachorros, como por exemplo, o salpicão: que é muito comum nas ceias brasileiras. O alimento é extremamente nocivo ao seu amigo de quatro patas, uma vez que contém diversos elementos excessivamente gordurosos, como maionese e outros temperos. Assim como a farofa por conter muita gordura, além de ser rica em sal, que faz muito mal aos cães.

Comidas com molhos também são arriscados, podem gerar pancreatite ao seu Pug. Já o chocotone deve ser extremamente proibido, pois nele tem chocolate, bem como, um composto chamado teobromina, que é tóxico para o animal e, pode levar a óbito se ingerida em grande quantidade, independente da raça.

Vale lembrar que, nozes assim como o chocolate também são tóxicos e não devem ser ingeridos pelos pets. Da mesma forma, a uva que, quando ingerida em excesso pode gerar a falência dos rins. Por isso, é bom não oferecer.

Francine enfatiza que bebidas alcoólicas são comuns nas confraternizações de fim de ano, por conta disso, o cuidado deve ser redobrado: mesmo que o  animal entre em contato com uma pequena quantidade, o líquido pode causar significantes intoxicações aos animais.

Na dúvida do que oferecer ao seu pet, fique no básico: mantenha a ração que já é de hábito do animal. Caso queira algo diferente, busque empresas especializadas em desenvolver uma alimentação natural para eles. Assim, você curte suas festas de fim de ano sem preocupações posteriores.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Luto pela perda de um animal de estimação ainda é desmerecido por muitas pessoas

Dia do Doador de Sangue: doação também é um ato de amor entre os gatos

Hospital Veterinário da Anhembi Morumbi inaugura Sala de Vacina com preços acessíveis

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onça-parda

PL aumenta pena para quem comete crime contra animais ameaçados de extinção

Farmácia Veterinária Popular

Brasil: Foi aprovada a criação da Farmácia Veterinária Popular para tutores de baixa renda