in

Projeto de automatização da manutenção industrial da Special Dog Company é premiado

No prêmio “TOTVS Brasil que Faz 2022”, empresa de petfood foi destaque na categoria Manufatura

Há 21 anos no mercado, a Special Dog Company alcançou o posto de uma das maiores indústrias do segmento de alimentos para cães e gatos do Brasil. Para atender os mais de 30 mil pontos de vendas físicos em sete Estados brasileiros mais o Distrito Federal, além dos países para onde exporta, a marca brasileira tem investido fortemente em tecnologias capazes de reduzir custos e aumentar sua capacidade produtiva.

Prova disso, é o mais recente projeto, feito com tecnologia de desenvolvimento e produtos da TOTVS, que  tem como objetivo integrar e digitalizar as informações do setor de manutenção industrial. De tão bem-sucedida, a iniciativa, enquadrada na categoria “Manufatura”, acaba de ser reconhecida como destaque da premiação “TOTVS Brasil que Faz 2022”, realizada este mês durante o evento Universo TOTVS 2022, em São Paulo (SP). Foram mais de 500 cases inscritos, sendo que na categoria “Manufatura” apenas cinco chegaram à final. Doze companhias foram premiadas na edição e a Special Dog Company foi a única no segmento petfood selecionada.

O projeto

Desenvolvido pela equipe da Special Dog Company, com tecnologia TOTVS, o projeto de TI que ganhou o prêmio foi dividido em três fases e ajudou a implantação do projeto “SIM” (Sistema Integrado das Manutenções), que completa um ano de existência. Por meio dele, a Special Dog Company conquistou, além da premiação da edição 2022, diversos ganhos. Desde melhorias no fluxo da rotina de solicitações de serviço até o gerenciamento de indicadores, via Business Intelligence, passando também pela criação de um plano de manutenção. Tudo agora dentro de um ERP (Enterprise Resource Planning), o sistema de gestão permite acesso fácil, integrado e confiável aos dados de uma empresa.

Após a reimplantação do módulo de manutenção industrial no sistema ERP e as etapas seguintes de implantação do APP mobile, mudanças de governança, centralização e digitalização das informações no sistema, a companhia conseguiu atingir o status da automatização dos processos, em que agora é possível fazer diagnósticos aprofundados sobre as medidas necessárias para reduzir custos e aumentar a produtividade.

Além da otimização do time e melhorias nos processos, o projeto “SIM” culminou em reduções significativas, como o uso de papel na fábrica (Foto: divulgação)

“Antes de apostarmos na tecnologia, era bem complicado programar um serviço, por não conter essa função no sistema. O processo era integralmente manual. Por não haver a governança necessária, levávamos até três dias além do necessário”, conta o gerente da Manutenção Industrial da Special Dog Company, Thiago Bassoli. Ainda, com o painel de programação atual, a Special Dog Company passou a medir e melhorar seus KPIs, além de contar com um programa estratégico e mais eficiente, com menos recursos.

Hoje, na fase final da implantação, a companhia conta com um robô, que cria a programação de forma mais independente. Em período de testes, o time de profissionais de Santa Cruz do Rio Pardo conseguiu atingir um grau ainda maior de inteligência para fazer alocação de recursos, programação e distribuição de ordens de serviço. “Nesta etapa do projeto, conseguimos agregar mais responsabilidades aos programadores, garantindo também mais tempo disponível para outras atividades, como a geração de indicadores e novos controles para a áreas”, conta o especialista de Sistemas, da Special Dog Company, Renato Ais.

Além da otimização do time e melhorias nos processos, o projeto “SIM” culminou em reduções significativas, como o uso de papel (o equivalente a seis unidades de árvores/ ano), a diminuição da emissão de CO2 (48 toneladas/ano) e a economia de geração de energia elétrica, chegando à redução de 540 kwh/ano, contribuição que vai além do institucional, mas que também colabora com o meio ambiente, uma forte missão da marca Special Dog Company no atual cenário nacional.

Mais sobre a premiação

A TOTVS cria soluções inovadoras para transformar o dia a dia das empresas e ajudá-las a superar os desafios de seus negócios. É referência no desenvolvimento de sistema de gestão do país, investindo R$ 1.6 bilhão em pesquisa e desenvolvimento para atender as exigências de 12 setores da economia. Como uma empresa originalmente brasileira, a TOTVS acredita no “Brasil que Faz” como um importante reconhecimento para seus clientes, pois destaca aqueles que enxergaram oportunidade e caminhos para crescer por meio da digitalização dos negócios.

“Temos orgulho de fazer parte dos 12 ganhadores desta edição, de ser o número um na nossa categoria e o único do nosso segmento, em uma premiação que reconheceu e prestigiou cases de digitalização desenvolvidos por empresas brasileiras com o apoio de sistemas TOTVS ao longo de 2020 e 2021. Pretendemos cada vez mais investir em inovação e caminhar lado a lado com o que há de mais moderno neste universo”, conclui o gerente de TI da Special Dog Company, Rafael Gomes.

Fonte: AI, adaptado pela equipe Cães&Gatos VET FOOD.

LEIA TAMBÉM:

Orgulho LGBTQIA+: Veterinário destaca experiências positivas dentro e fora da profissão

CFMV apoia a criação do Dia Nacional da Saúde Única diante do Senado Federal

De olho no mercado chileno, setor pet brasileiro prevê novas exportações em 2022

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LGBTQIA+

Orgulho LGBTQIA+: Veterinário destaca experiências positivas dentro e fora da profissão

remédio para cães

MAPA lança Guia de Uso Racional de Antimicrobianos para Cães e Gatos em parceria com o CFMV